Sábado, 7 de Março de 2009

Já há muito deu para ver que Cascais é uma vila com uma longa aliança com o mar. É um casamento que dura há gerações e gerações, os monumentos relatam essa história, as velhas rochas não dizem menos, nem menos dirão as inúmeras embarcações ao largo no mar e as atracadas.



Se antes fora uma terra essencialmente de pescadores, hoje a diversidade é muita e isso é bem visível num passeio de que podemos usufruir no percurso pedonal entre Cascais e S. João do Estoril, tendo pelo meio o Monte Estoril e o Estoril.

A pé, Cascais está separada de S. João do Estoril apenas por cerca de 40 minutos, nesse percurso para além de mais paisagens esplendorosas e da proximidade com o mar, sempre a meros metros de distância, Cascais é exemplo vivo da diversidade aos mais diversos níveis:

- uns andam, uns correm, uns andam de bicicleta, uns de patins, outros de skate, outros de trotinete;

- uns passeiam os cães, outros os filhos, outros os namorados, outros a família, outros a eles próprios;

- ali uns aprendem a andar, outros deixaram de andar e são empurrados por outros mas querendo aproveitar cada trago de sol;

- outros fazem surf, outros equilibram o Yin e o Yang fazendo Tai Chi, outros dão valentes mergulhos, algumas tias ainda bem que preferem o sol natural ao solário ao "trabalharem para o bronze", outros pescam;

- a praia é ponto de encontro, é o café mais in da zona;

- os mais velhos são cheios de genica, a ginasticar de um lado para o outro;

- ele há ingleses, americanos, espanhóis, alemães e os loiros abundam;

- apesar da ventania está muito sol, o que para muita gente já é sinónimo de andar de T-shirt ou mesmo camisola de alças (cruzes credo!), pelo contrário este tempo ainda a la Inverno faz-me andar bem agasalhada. A ventania fez-me perder a coragem da semana passada de banhar os pezinhos pelo mar;

- os cães atiram-se à água e trazem a bola ao dono;

- o mar bate na rocha e na areia mas quase nunca com agressividade, acaricia a areia, não a enrola;

- os velejadores lá ao fundo aproveitam cada sopro deixado pelo vento.


(Mais uma vez tenho pena de não ter uma máquina para vos mostrar mais da bela Cascais, quiçá brevemente...)



publicado por rosa às 20:04 | link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De sophya a 9 de Março de 2009 às 20:35
Este post é o mais poético de todos ;)
Dá realmente vontade de ir imediatamente passear à beira mar e apanhar um solei recarregando ao mesmo tempo as baterias :)


De rosa a 9 de Março de 2009 às 21:32
Entonces tás à espera de quê ;)


Comentar post

... mas diz que é da rosa
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


subscrever oficialmente este blog num reader

O blog oficial

↑ Grab this Headline Animator

subscrever oficialmente este blog por email
Subscribe to O blog oficial by Email
Social Bookmarking oficial
Artigos recentes oficiais

O sol e o Inverno passam ...

Constatações I

Tendências do ramo imobil...

Super-heróis do século XX...

Literal versions II

"E recordar é viver..." I...

Literal versions

Bye Michael bye

está próximo...

Ide e... votai!

comentários recentes
Ainda bem que pude ajudar ;)É um destino que vale ...
Andava à procura de dicas para um roteiro a Sintra...
Sim :)mas uma pessoa quer sempre mais...
Pois é...mas apesar de ainda não podermos dar asas...
Pois a vida na ocidental praia lusitana não é defi...
Ai Rosinha como te entendo!!! Independência? até v...
AHAHAHAHAHAHBrutal!
Realmente... eu que nunca brinquei com barbies per...
Ah pois é Rosinha...Aproveitavas e assim já tinhas...
CREEEEDDDOOOO! :P
Arquivo oficial

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

tags

todas as tags

links oficiais
Twitter oficial

By TwitterButtons.com
blogs SAPO
subscrever feeds