Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

Meus caros, inicio hoje uma nova rubrica neste espaço. Pois bem esta rubrica é sobre boa mesa, bem comer e se és bom garfo não deixes de ler!

É claro que para inaugurar esta rubrica não podia deixar de falar naquele que para mim é o Paraíso na Terra, ou muito perto disso. Que bom seria se todos nós após a morte tivessemos à nossa espera um espaço como aquele, mas claro bem maior porque com tantos falecidos o restaurante tinha de ter lotação quase inesgotável. Imaginem só um Mira Freita do tamanho de uma galáxia!!! Vá paremos com os devaneios!
Ilustríssimos, deixem-me que vos apresente o...

 

 

 

Restaurante Mira Freita

Como chegar?

Não interessa... Depois que conheçam "O" restaunte, sim porque este é "O" restaurante, a expressão "Todos os caminhos vão dar a Roma" será substituída por "Todos os caminhos vão dar ao Mira Freita".

A zona é óptima para abrir o apetite! Ar fresquinho da serra!

E que bom ganhar apetite quando a seguir nos espera uma refeição que seria capaz de combater a fome da África Subsariana durante um mês - não se sintam culpados, as coisas boas da vida são para aproveitar!

 

A região

Para quem não conhece a Serra da Freita não sabe o que perde! Belo local para campismos (porque eu ainda sou do tempo em que os acampamentos se faziam em zonas que não eram especialmente demarcadas), as cascatas, zona de pessoas que até ousam viver longe de tudo e de todos (fazer grandes raids/ caminhadas para os conhecer é o ideal), de paisagens fantásticas.

 

Decoração

Castiça com elementos rurais colocados de forma original. Podia tecer aqui comentários decorativos mas vamos ao que verdadeiramente interessa!

 

Principais iguarias

 

A verdade é que não provei de tudo, mas sinceramente comam tudo e de tudo o que puderem que não se vão arrepender!

Saliento as enormes travessas que vêem fornecidas de comida e que cabem com dificuldade nas mesas, e sim essas travessas estão mesmo todas cheias até à borda de comida, que repasto para os nossos olhos mas sobretudo para o nosso estômago!

Ai meu deus... é até tortura pensar no conjunto de coisas boas que lá são servidas... Destaco algumas como:

- Carne de Porco à alentejana;

- Cabrito (assado ou na brasa);

- Vitela (assada ou na brasa);

- E muito mais...

Só sei mesmo que é tudo de comer e chorar por mais - bem no dia seguinte porque ninguém, nem um monstro das bolachas sai de lá com fome. Preparem-se para durante essa noite sonharem com aquelas iguarias e nos dias seguintes desejarem voltar a ter aquelas travessas de comida do tamanho da roda de um camião à vossa frente (ah e sim uma travessa corresponde a uma dose para duas pessoas!).

Relembro apenas mais uma vez que não há nada melhor como nos dirigirmos a este indiscritível restaurante e comer, comer, comer!

 

Bebidas

Meus amigos, estamos na Serra, para além de se comer extraordinariamente bem, bebe-se também afincadamente. Existem opções para todos os bolsos.

 

 

Preço

Nunca vi uma relação de qualidade-quantidade-preço tão bem equacionada! Se todos os restaurantes assim fossem gritaríamos nos que conhecemos habitualmente que estávamos a ser aldrabados na factura! Isto porque pelo que se paga em média no Mira Freita sairíamos de outro restaurante sem estar completamente saciados.

 

E pensas que não consegues comer mais? Enganaste! Porque vem aí a...

 

Sobremesa!

Desde as tradicionais mousses ao crepe: bem bom esse! Recheado de gelado e de banana. Todo ele provavelmente daria para alimentar uma criança durante um dia inteiro!

Visite... fica em Felgueira - Arões, em Vale de Cambra.

Ah e o meu obrigado a este senhor por o dar a conhecer a uma legião!

 

 

Classificação: De rebentar a escala! Para mim este é a referência das referências de todos os restaurantes em que já dei garfadas!

Aceitam-se pagamentos de jantares para me fazerem ver do contrário, mas até ao momento duvido que tal seja possível, contudo sublinho que a minha ética gastronómica continuará a defender com colheres, facas e garfos toda a nobreza da boa cozinha. Até a um próximo roteiro por aqueles que considero os melhores restaurantes!

 



publicado por rosa às 22:07 | link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Sábado, 24 de Janeiro de 2009

As personagens-tipo que se encontram em viagens de inter-cidades em nada se comparam às criaturas míticas dos suburbanos, ainda assim há sempre personagens caricatas. Senão vejamos...

 

Homo Sapiens "Nunca te vi"

Olham para ti fixamente, decoram os teus gestos, o ritmo da tua respiração e quiçá o teu batimento cardíaco!

Antídoto: olhar fixamente para os olhos deles, se possível com um olhar lunático. Se conseguirem, ainda, conjugar um olho aberto com outro bastante semicerrado têm sucesso imediato na vossa tarefa.

 

Homo Sapiens "Eu sou mesmo do Norte!"

"Eu sou de BrÁgÁ" é uma das frases que os caracterizam - não tardará muito que pouco depois dirão "Viste aquele filho da p%#&... FÔgó! Aquele c#r&$£o!" (com sotaque cerrado, cerrado, cerrado).

Estes espécimens são ainda conhecidos por elevarem a voz a grandes níveis de décibeis não deixando os indivíduos que se seguem pregar olho.

Antídoto: não é conhecido.

 

Homo Sapiens "Tenho soninho"

São simplesmente Homo Sapiens que aproveitam a duração da viagem para "trair" a sua caminha que ficou em casa. Tentam refastelar-se na medida do possível mas outros indivíduos aqui retratados não os deixam sequer alongar a fase leve do sono.

 

Homo Sapiens "Caia uma bomba mas nada me acorda"

Ocorrem coisas normais, fora do comum, hilariantes, inacreditáveis à sua volta mas nada, nada os acorda.

Normalmente os "senhores pica" recorrem a aparelhos de choque para trazer estes Homo Sapiens ao mundo dos acordados.

 

Homo Sapiens "Eu sou enérgico logo às 6 da manhã!"

Enquanto a maior parte das carruagens, e, provavelmente, a totalidade do comboio, está ainda completamente sonolenta, estes indivíduos discutem já com energia de calibre pilhas duracel as "grandes actualidades do momento": as poses do Sr. Malato, a sua competência face à incompetência dos outros, as notícias bombásticas do Jornal que acabou de chegar às bancas, dilacerando completamente, no final de contas, todos os passageiros com pormenores sórdidos da sua vida privada que era escusado a restante carruagem tomar conhecimento.

Normalmente esta estirpe faz-se acompanhar de outro indivíduo idêntico ou de alguém que sofre em silêncio (coitado!).

São ainda muito semelhantes ao Homo Sapiens "Eu sou do Norte" pelo alto volume de voz com que falam.

Antídoto: em fase de investigação em várias Universidades.



publicado por rosa às 12:21 | link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

É verdade, a saga marcada por encontros surreais quer com casas e bairros dúbios como com atitudes e personas non gratas terminou!

HABEMUS CASA! Muito, muito, muito melhor do que alguma vez certamente esperaríamos encontrar =D

Dado o local do poiso, espero não me tornar nisto :p

 

 

Não são os "conselhos que eu vos deixo" mas algumas notas na:

LIÇÃO EM 2 MINUTOS

Procurar casa naquela zona não é fácil! Sendo assim, deixo aqui umas breves notas de aspectos a tomar em consideração nesta tarefa:

- abastecimento com supplies de mapas da região: cidade, cidades circundantes (porque ficar mesmo em Lisboa, ainda mais nesta altura em que a maioria dos estudantes estão instalados torna-se ainda mais difícil), metro, linhas da CP, ...

- os anúncios não fornecem informação suficiente de que precisas, ou então oferecem informação ilusória (como 'modesto' para casas muito duvidosas). Convém que tenhas sempre pequenas notas quando telefonas para que fiques logo a saber se será ou não uma perda de tempo;

- essas notas são muito importantes, é importante pensar muito bem nas coisas essenciais que precisamos de saber sobre o apartamento;

- ir directo ao assunto: algumas pessoas são solitárias, ou melhor chatas, e em vez de nos falarem dos quartos/apartamentos começam a contar as suas façanhas durante a 1ª Guerra Mundial (não, não aconteceu :p) ou pormenores da sua vida privada (sim aconteceu...);

- se encontras um cantinho de que gostas e a bom preço "afinfa-lhe" logo! Porque um dia depois da tua visita saberás que um interessado fechou negócio e a tua esperança esvai-se;

- levar a sorte contigo!



publicado por rosa às 08:41 | link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Dissertar: efeitos Secundários da escrita de um enquadramento teórico - "Porra! Já excedi os 70 caracteres do título!" (Nordeste, 2009: 23).

 

Índice

Índice....1

Índice de figuras....1

Parte I - Dissertar....1

Bibliografia....1

Anexos....1

 

Índice de figuras

Figura 1: Estado de um mestrando em MCMM depois de dias e dias de trabalho afincado....1

 

Parte I - Dissertar

1. Resenha de pensamentos

É aqui que posso deixar de escrever no impessoal? De citar fontes? E posso escrever livremente sem me preocupar com estas coisas? (Nordeste, 2009)

Bem pelo último parágrafo parece que não (Nordeste, 2009)!

 

E vivas ao word, um programa com as suas artimanhas manhosas na formatação... Adoro fazer formatações... não (Word sucks, 2007)!

 

Figura 1: Estado de um mestrando em MCMM depois de dias e dias de trabalho afincado

 

Bibliografia

Word: como queimar ainda mais tempo a um mestrando na formatação de um enquadramento teórico. (20 de Outubro de 2007). Obtido em 15 de janeiro de 2009, de Word sucks: http://www.vaiverseesteurlexiste.com

Nordeste, Rosa (2009). Pensamentos que todos temos quando escrevemos uma dissertação. Aveiro: Editores lero lero.

 

Anexos

Para a semana há mais uma dose!



publicado por rosa às 03:59 | link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito

Sábado, 10 de Janeiro de 2009

Pois bem, estou habituada a que seleccionem a minha suite durante o período escolar. Tem sido assim nestes cinco anos de estudante universitária (já?!). Nunca há escolha só talvez uma pequena “subida de estatuto”, mas quando já estamos na ‘despensa’ da Universidade, prefiro pensar assim porque o termo até está associado a comida, já não há mais por onde trepar.

Pois bem mas as paragens vão ser outras daqui a nada e havia que descansar a mente quanto a um sítio em conta e simpático para ficar. Então lá foram duas moçoilas visitar os locais seleccionados ali para a linha de Cascais.

Depois dos últimos dias entre contactos, visitas a apartamentos e outros compartimentos que são supostamente também eles apartamentos, a minha reflexão vai principalmente para os negócios obscuros do mundo do arrendamento.

Meu Deus… só de pensar nas pérolas que se viram… Só destaco algumas como:

- “Os quartos já estão ocupados… mas eu tenho uma loja… aquilo com uma pinturazinha e tal… Ou sou capaz de arranjar qualquer coisa! Se quiser algum sítio comunique menina!” – Mas isto agora é ao ‘eu vou arranjar’ e como? Home jacking? Ui isto tá a ficar bonito... Ou tem ou não tem.

 

“Arrendam-se quartos para convívio” in jornal ‘Eu tenho anúncios’ (estes pleonasmos baratos nos jornais… Claro que uma pessoa procura casa principalmente para conviver…)

“Mas vocês não sabem se ficam cá a trabalhar? Eu tenho uma filha que trabalha no Sítio que eu cá sei, vocês dão os vossos currículos para ela entregar. Tenho também uma amiga que a filha… não arranjou emprego para a minha mas…” Hella! Já temos pessoas que nos procuram emprego?

 

E situações obscuras…

Hmmm preços do mercado para um Anexo… hella! E temos vizinhos! Aaah a morar também num anexo…

 

 

E não entrando por outras coisas que tais…
Meu Deus…

 



publicado por rosa às 02:16 | link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Pois é depois de algumas experiências de blog pessoal que não vingaram inauguro O blog oficial.

Vamos lá experimentar uma plataforma diferente sem ser o Wordpress, blogger e outros que tais – bolas será que a veia de tecnóloga tem de vir sempre ao barulho?

Bem… a fita já foi cortada, agora seguem-se os posts.

 



publicado por rosa às 02:08 | link do post | comentar | favorito

... mas diz que é da rosa
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


subscrever oficialmente este blog num reader

O blog oficial

↑ Grab this Headline Animator

subscrever oficialmente este blog por email
Subscribe to O blog oficial by Email
Social Bookmarking oficial
Artigos recentes oficiais

O sol e o Inverno passam ...

Constatações I

Tendências do ramo imobil...

Super-heróis do século XX...

Literal versions II

"E recordar é viver..." I...

Literal versions

Bye Michael bye

está próximo...

Ide e... votai!

comentários recentes
Ainda bem que pude ajudar ;)É um destino que vale ...
Andava à procura de dicas para um roteiro a Sintra...
Sim :)mas uma pessoa quer sempre mais...
Pois é...mas apesar de ainda não podermos dar asas...
Pois a vida na ocidental praia lusitana não é defi...
Ai Rosinha como te entendo!!! Independência? até v...
AHAHAHAHAHAHBrutal!
Realmente... eu que nunca brinquei com barbies per...
Ah pois é Rosinha...Aproveitavas e assim já tinhas...
CREEEEDDDOOOO! :P
Arquivo oficial

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

tags

todas as tags

links oficiais
Twitter oficial

By TwitterButtons.com
blogs SAPO
subscrever feeds